terça-feira, 21 de agosto de 2007

A Endoscopia dos Vegetarianos

Fiquei um tempo sem escrever porque virei vegetariana e plantadora de erva-cidreira. Como tenho apenas quartas e quinta-feiras livres, decidi aprender a lidar com sementes, soja e trocentos legumes que não conhecia.

Mas não foi assim tão fácil virar saudável. Tudo começou como um soco no estômago. Três dias de ressaca, por culpa dos meus cinco cafés por dia, nada no jantar e cerveja quatro vezes por semana.

O médico apalpou minha barriga dizendo, "é temos aqui uma leve gastrite...você vai ter que fazer uma ENDOSCOPIA".

A palavra fez doer ainda mais o estômago, lembrei do que meu avô contava, daquele cano, que na ponta leva uma minicâmera, descendo pela goela até a extremidade do corpo. Nojo.

Para me livrar do tal exame endoscópico decidi limpar o corpo eu mesma. Agora pela goela ao invés de canos, descem quibes de abóbora, pães integrais, medalhões de ricota e sucos de cidreira.

Talvez comece a escrever sobre carnívoros e viciados em cafeína para suprir meu intenso desejo por aquilo que eles consomem, aliviando assim meu subconsciente.

5 comentários:

Kali disse...

Há um restaurante indiano bárbaro, na Rua Antônio Carlos, pertinho da Augusta. Fica a duas quadras da Paulista.

Servem comidas vegetarianas hiper saborosas. O ambiente é muito legal, e os preços são bem interessantes.

O Gabico vai lá sempre. Fiquei de levar o Felipe, mas ainda não rolou. Você ia adorar, tenho certeza.

oOo

Fiz uma endoscopia há uns três anos. Foi muito divertido. Há uma anestesia local que é aplicada. Mas a sensação é horrível.

Não sei porque, mas na verdade, eu queria rir de mim mesmo naquela situação.

Apesar de tudo, não gostaria de passar por uma endoscopia outra vez. Teoricamente, é um exame não invasivo, pois não há perfuração de nenhum tecido.

oOo

Melhor mesmo é mudar os hábitos alimentícios. Acho que vou pegar uma pera. Aceita?

Hugs

Amanda Kamanchek disse...

Ah! Conheço esse restaurante. É o Gopala...Delícia mesmo, tem dias que eles fazem feijoada, e não sei como fazem uma soja ficar idêntica a uma carne seca!

beijos querido

Dan. disse...

Parabéns por sua nova dieta!

Quibes de abóbora e medalhões de ricota... que delícia. Nunca ouvi falar de suco de cidreira. Como é isso?

Realmente é foda. Quando se muda para o vegetarianismo, o corpo fica extremamente mais sensível a tudo. O legal é que o cotidiano fica mais rico em sensações. O ruim é que você fica bêbado com bem menos cerveja [haHaHaH mas acho que o 'ruim' nesse caso é bom. gasta menos com álcool. =)]

Até mais, garota. beijo.

Amanda Kamanchek disse...

Obrigada...Aliás você tem uma receita boa de pão integral?

E o suco de erva-cidreira é o seguinte:

- 1 limão siciliano sem casca e sem sementes
- 1 xícara de água
- 3 cubos de gelo
- 3 folhas de manjericão italiano
- 1 bulbo de capim cidreira

Tem que tirar as partes brancas do limão porque elas são muito amargas e depois bater as partes gostosas com os outros ingredientes.

beijos

Amanda Kamanchek disse...

E sobre ficar bêbado com menos cerveja é real ..nossa...e também gripe...caramba eu fiquei umas duas semanas com gripe, agora passou já, sinto até que vai demorar para surgir outra, foi como um sintoma de abstinência de droga...hahaha!